Esta é uma notícia para quem considera uma boa alternativa dispensar a imobiliária ao negociar uma casa ou apartamento: a ciência aponta que comprar e/ou vender o seu imóvel diretamente equivale a perder 2 anos de vida.

Esse é o resultado de um estudo realizado no Reino Unido que ouviu cerca de 200 pessoas que haviam negociado propriedades imobiliárias por conta própria. O envelhecimento precoce foi o resultado de uma tentativa de reduzir as despesas com comissões imobiliárias durante a compra ou venda do imóvel. Continue a leitura e entenda mais sobre o assunto.

Estresse e ansiedade

Para 39% dos pesquisados, a negociação do imóvel por conta própria foi considerada uma experiência mais estressante do que os problemas de família. Para 44% deles, o estresse é maior do que o de uma entrevista de emprego.

Os entrevistados também relataram que as negociações ocasionaram efeitos colaterais, como perda de cabelo, insônia, falhas na memória e redução do apetite sexual.

“Os períodos de estresse prolongado e a ansiedade podem trazer sérios efeitos sobre nosso bem-estar, como depressão, perda de peso e envelhecimento prematuro”, explicou o psicólogo Glenn Wilson, coordenador do estudo. Vantagens de contar com o suporte da imobiliária

Embora grave, o envelhecimento precoce ocasionado pela negociação do imóvel por conta própria não é o único problema em dispensar o suporte de uma imobiliária. Quem busca essa alternativa também corre o risco de sofrer sérios danos ao seu bolso, pois fica vulnerável a prejuízos.

Confira alguns benefícios de contar com imobiliária para realizar a transação nos próximos tópicos.

Prevenção de golpes

Infelizmente, o mercado imobiliário está sujeito à atuação de golpistas, e eles geralmente conhecem os trâmites do negócio e sabem encontrar brechas para confundir e enganar os desavisados.

Powered by Rock Convert

Os profissionais da imobiliária têm experiência para identificar qualquer indício de que o negócio pode ser um golpe, protegendo os interesses do seu cliente.

Checagem correta da documentação

Além dos golpes mais elaborados, a compra de um imóvel pode esbarrar em problemas de documentação que impedem um negócio ou dificultam a transferência de propriedade para o novo dono. Vale ressaltar que são muitos os papéis que precisam ser conferidos até que haja a conclusão de que um negócio é viável.

Lidar com esta documentação — que pode ser algo complexo para um leigo — é a rotina da imobiliária, que sabe apontar o que é preciso para garantir a segurança do negócio.

Elaboração adequada do contrato

Mesmo quando se obtém sucesso na captação do imóvel e na negociação entre as partes, há uma última etapa que é essencial para o sucesso de toda a transação: a elaboração do contrato de compra e venda.

Aqui, não basta buscar um documento padrão na internet. É preciso personalizar cada cláusula às condições específicas do negócio para garantir que tudo se desenrolará conforme o combinado. Se você não tem afinidade com esse tipo de contrato, correrá um risco considerável sem o suporte de um especialista para analisá-lo.

Esses são alguns aspectos que ajudam a entender por que comprar e/ou vender o seu imóvel diretamente equivale a perder 2 anos de vida. Você acha que vale a pena correr esse risco? Então, pense na comissão imobiliária não como uma despesa, mas como um investimento na sua saúde.

Gostou das informações que leu neste conteúdo? Aproveite, então, para compartilhá-lo com seus contatos em suas redes sociais.

Powered by Rock Convert