A aquisição de uma casa ou apartamento próprios é um momento especial, uma conquista que marca a vida de qualquer pessoa. Mas na hora de fechar o negócio, é importante não deixar que a euforia atrapalhe a transação.

Uma das etapas essenciais que precisa ser realizada com todo o cuidado para evitar problemas é a elaboração e a análise do contrato de compra e venda de imóvel. Esse é o documento que vai garantir a sua tranquilidade por meio do cumprimento de tudo o que foi acordado durante as negociações.

Neste post, vamos falar sobre o que é mais importante avaliar na hora de assinar o contrato e concluir a aquisição da sua casa com sucesso. Confira!

Momento para compra

As perspectivas do mercado imobiliário para quem pensa em adquirir sua casa própria são interessantes para 2020. A economia apresenta indícios de melhorias e os juros estão em baixa. Este pode ser um bom momento para realizar o sonho da casa própria.

E para fechar o negócio com sucesso e satisfação, ficar atento à documentação necessária para comprar sua casa é essencial. O contrato de compra e venda de imóvel é um dos mais importantes deles, pois resume tudo o que foi acordado entre as partes e é a garantia do comprador caso algo não saia como planejado.

Cláusulas essenciais em um contrato

Assim, é importante ficar atento a alguns pontos que devem constar no documento. São cláusulas essenciais que devem estar claras no contrato. Confira as principais delas a seguir.

Identificação dos envolvidos

Identificar corretamente com quem se está negociando é um ponto de partida para o sucesso da compra de um imóvel. No contrato, devem constar os dados básicos dos envolvidos na transação, o que inclui nome completo, CPF, RG, estado civil e endereço, entre outros.

Powered by Rock Convert

Caso o vendedor seja casado, é preciso que as informações sobre o seu cônjuge também constem do documento, já que, de acordo como regime de união, ele terá que concordar e autorizar o negócio.

Descrição do imóvel

Além da identificação do vendedor, é essencial que a casa ou o apartamento que está sendo adquirido esteja corretamente descrito no contrato de compra e venda de imóvel. Não basta que o documento indique a localização e a matrícula no cartório. As informações devem estar detalhadas.

Na cláusula devem constar o tamanho, número de cômodos, pontos de referência, móveis que ficam no imóvel e tudo o mais que foi combinado na negociação. Essa é a única forma de garantir o cumprimento do que foi acordado.

Forma de pagamento

Preço total do imóvel, forma de pagamento, prazos… todas essas informações precisam constar em uma cláusula do contrato. Os procedimentos para a transferência do registro e a entrega das chaves também devem constar no documento.

Registrar as informações no contrato de compra e venda de imóvel é a única forma de garantir o seu cumprimento e evitar cobranças excessivas ou fora dos prazos combinados.

Esses são alguns dos itens que o comprador de uma casa ou apartamento não pode deixar de observar na hora de analisar o contrato de compra e venda de imóvel. É essencial contar com um especialista para auxiliar na criação e análise do documento, evitando surpresas desagradáveis.

Este conteúdo foi interessante para você? Gostaria de saber mais sobre o mercado imobiliário? Então siga nossos perfis nas redes sociais. Estamos presentes no Facebook, no Instagram, no LinkedIn e no YouTube.

Powered by Rock Convert