Com a popularização dos apartamentos pequenos, diversos estilos foram surgindo e outros, já muito difundidos em outros países, foram caindo no gosto e cabendo no bolso dos brasileiros. Mas são tantos nomes que dá para ficar perdido tentando entender como é cada um quando lemos um anúncio na internet.

Você sabe a diferença entre flat, kitnet e loft? Neste artigo vou citar as principais características de cada um desses tipos de apartamento. Continue a leitura para saber diferenciá-los e saber qual imóvel combina mais com você!

Flat

O flat é um pequeno apartamento geralmente novo e moderno que tem certas comodidades presentes no ramo da hotelaria. Esse tipo de imóvel também é chamado de apart-hotel e normalmente contém arrumação diária inclusa no aluguel, serviço de quarto e lavanderia. O tamanho varia de 25 a 65m² de área útil.

A vantagem do flat é a possibilidade de fazer contratos por períodos menores, como alugar por alguns dias, temporada, semanas ou meses. Ou seja, é ideal para quem não vai passar muito tempo no mesmo local. Ele pode ser comprado para morar, mas a maioria das pessoas o adquirem como forma de investimento.

Kitnet

É um apartamento monoambiente, no qual todos os cômodos são integrados no estilo americano. A propriedade tem tamanho entre 20 e 40m² e é composta por uma pequena cozinha, sala, quarto e banheiro. A maioria não contém área externa, como varanda ou sacada.

A kitnet geralmente apresenta uma estrutura mais simples e menor preço, mas com o crescimento da popularidade desse tipo de moradia, já é possível encontrar kitnetes modernas e com valores mais elevados.

São localizadas nos grandes centros, próximos a estações de metrô ou áreas universitárias porque atendem bem o público jovem, como estudantes, pessoas que moram sozinhas ou casal. Os prédios ou condomínios em que as kitnetes estão situadas normalmente não têm área de lazer, lavanderia e outras facilidades.

Loft

Eles têm origem nos galpões abandonados em Nova Iorque nos anos 60. As pessoas começaram a ocupar edifícios comerciais antigos em bairros industriais e assim nasceu o conceito do imóvel.

Ele tem características peculiares que são muito populares hoje em dia. Uma delas é a decoração em estilo industrial com tubulação de água e eletricidade aparente. Por isso, é indicado para uma ou duas pessoas que gostam de designs mais modernos.

Os lofts são imóveis mais altos, eles geralmente têm pé direito duplo, em que é possível agregar um mezanino, que é utilizado como quarto. A sala de estar, sala de jantar e cozinha estão localizados no térreo e não existem paredes como divisórias entre eles. O único cômodo separado do restante é o banheiro, que pode estar tanto no mezanino, junto com o quarto formando uma suíte, quanto no térreo.

O loft é maior que a kitnet, mas segue o mesmo conceito de não ter divisões, o que confere a sensação de que o espaço é ainda mais amplo, principalmente porque a construção é alta. Além disso, a maioria dos lofts aproveitam muito a luz natural com grandes janelas agregadas em sua estrutura.

Conseguiu entender as principais diferenças entre flat, kitnet e loft? Eles são imóveis bem diferentes apesar de todos serem considerados pequenos apartamentos, mas a escolha vai depender das necessidades e possibilidades do consumidor no momento. São compactos, perfeitos para quem mora sozinho ou casal e a localização também é outro fator que faz com que esses imóveis sejam tão apreciados.

Este conteúdo ajudou você? Então assine a nossa newsletter para ficar por dentro das novidades do mercado imobiliário!