As garantias locatícias são formas de assegurar ao locador que ele não terá prejuízos com o aluguel do imóvel devido a atrasos do locatário ou outros problemas que podem ocorrer durante o contrato. Elas são exigidas em qualquer negócio. Por isso, é importante conhecer todas as modalidades para conseguir escolher a ideal para você, considerando valor, procedimento e outros detalhes.

Neste texto, vou mostrar como funcionam as garantias mais comuns, assim como os pontos positivos e negativos de cada uma. Acompanhe!

Depósito caução

A caução é uma das garantias locatícias mais utilizadas. Basicamente, consiste no depósito em dinheiro em uma caderneta de poupança em valor combinado entre o locador e o locatário.

Caso o locatário descumpra alguma cláusula contratual, o proprietário do imóvel poderá levantar essa quantia ao final da locação e usá-la para cobrir qualquer despesa (como aluguel atrasado ou reparos). Se sobrar dinheiro, ele será devolvido ao inquilino. Se for insuficiente para pagar as despesas, o dono pode cobrar o que faltou.

Uma vantagem dessa opção é não precisar buscar um fiador, algo que pode ser um pouco incômodo e difícil. Outra coisa bacana é que, ao final do contrato, há a devolução integral do valor depositado.

A maior desvantagem é ter que fazer o depósito da caução à vista. Isso é inviável para algumas realidades porque o valor pode chegar a três meses de aluguel, o que exige uma boa reserva financeira.

Fiador

Essa modalidade funciona da seguinte forma: um terceiro, que não é o proprietário nem o locatário, assume a responsabilidade de pagar os deveres do inquilino caso este se torne inadimplente.

Qualquer pessoa pode ser fiadora, mas também é possível que o locador faça algumas exigências em relação a essa garantia. Por exemplo, ter ao menos um imóvel no nome, ter renda maior que o valor do aluguel ou não estar inscrito em cadastro de inadimplentes.

Acontece que nem todo mundo aceita ficar responsável pelos pagamentos, além de ser constrangedor fazer esse pedido se você não tem tanta intimidade. O procedimento também pode ser um pouco burocrático: a pessoa tem que assinar o contrato de aluguel, apresentar documentos, comprovar requisitos etc..

Powered by Rock Convert

A maior vantagem de contar com um fiador é que o locatário não gasta nada para ter essa garantia. Afinal, basta apresentar os documentos necessários e fazer a assinatura do contrato.

Seguro fiança

Nesse caso, seguradoras especializadas em seguro fiança oferecem uma apólice em que o proprietário do imóvel é o beneficiário. Significa que este receberá a indenização correspondente caso haja atraso de aluguel ou outras despesas.

Para isso, o locatário deve pagar o valor do prêmio, que dependerá da análise de cada caso e da seguradora contratada, tendo em vista que existem várias modalidades de contrato.

O indivíduo não precisa se indispor com ninguém nessa modalidade de garantia e, dependendo da seguradora, é possível parcelar o valor do prêmio da fiança, o que facilita o pagamento.

Alguns problemas dessa contratação podem ser a burocracia envolvida, encontrar uma empresa que ofereça facilidades de pagamentos e ofertas vantajosas, e esperar a análise de crédito para a aprovação.

Título de capitalização

Trata-se de uma das garantias locatícias menos conhecidas, mas é importante entendê-la para fazer uma boa escolha na hora de alugar um imóvel. Isso requer que você encontre uma empresa especializada que ofereça os títulos de capitalização para aluguel, que são específicos para esse negócio.

Para pagar, não precisa comprovar renda e você pode parcelar o valor. Este, por sua vez, dependerá de alguns fatores que a empresa vai analisar (contrato de aluguel, tempo de locação, renda declarada etc.). Geralmente ele é renovado a cada 12 meses e pode ser resgatado ao final da locação.

Conhecendo as garantias locatícias, fica mais fácil escolher a opção ideal. Para tanto, você deve considerar o valor de cada uma, as formas de pagamento e a burocracia envolvida na contratação, de acordo com as suas possibilidades e necessidades.

Gostou do conteúdo? Siga nossos perfis nas redes sociais — Facebook, Instagram, LinkedIn e YouTube — para acompanhar todas as atualizações!

Powered by Rock Convert