Comprar um imóvel é o sonho da maioria dos brasileiros, tanto para poder ter a sua casa própria e fugir dos aluguéis quanto como forma de investimento para a geração de um patrimônio. Contudo, existem diversos meios para se comprar ou vender imóveis, como o financiamento imobiliário, que envolve várias taxas de juros — e a taxa Selic é uma delas.

Muita gente ainda tem dúvidas sobre os fatores que interferem diretamente na compra de um imóvel. Porém, para fazer uma negociação segura, é muito importante entender como funcionam as formas de pagamento e os juros embutidos em um financiamento de imóveis.

Se você não conhece muito sobre a taxa Selic, continue por aqui, pois preparamos um conteúdo completo sobre o que é essa taxa. Além disso, falaremos sobre como ela pode afetar a compra de um imóvel e daremos dicas sobre o momento certo para realizar essa aquisição. Vamos lá?

Afinal, o que é a taxa Selic?

O Sistema Especial de Liquidação e Custódia, ou como é comumente conhecido como taxa Selic, é uma taxa básica de juros que vai pautar todas as outras taxas que são inseridas em transações realizados pelos bancos. Ou seja, ela é bastante utilizada para empréstimos, e também em aplicações de títulos públicos federais.

Essa taxa é determinada pelo COPOM (Comitê de Política Monetária), que se reúne para acordar quais serão os rumos da economia do país. No total, são 8 encontros anuais, e a taxa Selic é definida em um desses encontros.

A taxa Selic nada mais é do que um recurso que o governo criou para parar a inflação — afinal, quanto maiores os índices, menos poder de compra o brasileiro tem. Dessa forma, o mercado reduz os preços para não comprometer o consumo, resultando na redução da inflação.

Porém, a taxa Selic foi criada para trazer o contrário, ou seja, tentar movimentar a economia ao impulsionar o consumo da população, uma vez que é mais interessante investir o seu dinheiro e fazer o ciclo econômico girar do que deixá-lo no banco com um rendimento mínimo.

Como essa taxa influencia na hora de comprar um imóvel?

Quando ocorre a redução da taxa Selic, diversos setores da economia vibram pelo retorno do consumo, principalmente o mercado imobiliário. Por isso, as construtoras começam a projetar mais imóveis, dando mais opções para as imobiliárias realizarem negociações, e até mesmo possibilitando o surgimento de mais créditos imobiliários por parte das instituições financeiras.

Quando essa taxa aumenta, no entanto, ocorrem reajustes no valor dos financiamentos oferecidos para a compra dos imóveis. Sendo assim, quando a taxa Selic está elevada, fica mais complicado conseguir comprar uma casa ou apartamento, por exemplo, pois os bancos dificultam a aquisição de crédito imobiliário.

Qual o momento certo pra comprar um imóvel?

O melhor momento para comprar um imóvel é quando a taxa Selic estiver baixa, pois isso vai impulsionar o mercado, proporcionando mais opções de bens para serem adquiridos. Portanto, vale a pena considerar o comportamento do mercado, analisar o seu orçamento e estar atento ao andamento da economia nacional. Dessa forma, você fará a compra de um imóvel com segurança, tendo todas as condições propícias para uma boa negociação.

O que achou do nosso conteúdo? Gostou de conhecer melhor sobre o que é a taxa Selic? Compartilhe este post nas suas redes sociais, para que mais pessoas sobre essa taxa tão importante para o mercado imobiliário!