Muitos não sabem, mas entender alguns aspectos do mercado da construção civil também é importante para fazer uma boa compra de imóvel. Hoje, falarei um pouco mais sobre o que é CUB: o Custo Unitário Básico

O CUB é o indicador utilizado na construção civil para conseguir ter uma estimativa do custo de cada imóvel que é construído. Na prática, calcular o CUB serve para avaliar uma parte dos custos da construção de edificações.

Para que você entenda melhor, preparei este post que explica melhor o que é CUB e como ele pode ser calculado!

Como o CUB pode influenciar na compra de um imóvel?

Antes de mais nada, tenha em mente que o CUB é estabelecido por metro quadrado, ou seja, o seu grande objetivo está em auxiliar no mercado imobiliário, servindo como parâmetro para entender quais são os custos de um imóvel.

Sendo assim, é possível tomá-lo como base não só na construção de um imóvel, mas também para comprar uma casa ou apartamento, visto que é possível comparar o valor de venda com o CUB atual do momento.

Além disso, estudar o CUB ajuda futuros compradores a se planejarem para comprar o tão sonhado imóvel, indicando em média o quanto terão que poupar e em quanto tempo isso poderá ser feito.

Como calcular o CUB?

Agora que você já sabe o que é CUB, mostrarei como ele é calculado. Saiba que para realizar esse cálculo é preciso consultar o Sinduscon (Sindicato da Indústria da Construção Civil), que disponibiliza os custos ao metro quadrado dos tipos de obras todos os meses.

Esses tipos de obras podem ser: comercial, residencial, galpão industrial, dentre outras. Dessa forma, ao acessar essa informação, é possível calcular o custo total da obra que se resume a:

Powered by Rock Convert

Custo Total da Obra = CUB X área construída + itens não inclusos

Falarei mais sobre os itens não inclusos no próximo tópico.

Quais são os itens considerados e não considerados no CUB?

Antes de mais nada, é interessante saber que o CUB tem como base a norma ABNT NBR 12721:2006, que leva em conta os lotes básicos de recursos da construção (materiais, mão de obra, locação e compra de equipamentos, despesas administrativas).

Saiba que o CUB abrange apenas alguns elementos de uma construção civil. Por isso, listo a seguir os itens que são ou não considerados:

Itens considerados

Os itens que são considerados no CUB são:

  • tipologia;
  • acabamento;
  • número de andares;
  • tipo de projeto: residencial, galpão industrial, comercial etc.

Itens não considerados

Veja alguns dos itens que não são considerados para definir o CUB:

  • serviços de infraestrutura/fundação;
  • características do terreno;
  • projeto estrutural e arquitetônico;
  • instalações e equipamentos.
  • elevadores;
  • remuneração do construtor;
  • custos com urbanização e jardinagem;
  • custos com obras complementares;
  • custos com obras complementares;
  • despesas com cartório;
  • áreas de lazer e playground;
  • regulamentação de condomínio.

Gostou de aprender o que é CUB? Então, não se esqueça dele quando for comprar um imóvel!

Quer receber este tipo de conteúdo em primeira mão? Então, assine a nossa newsletter!